Artigo escrito por Helena Lazzarin e Larissa Canabarro

A Previdência Social tem disponibilizado diversas ferramentas digitais. O site “Meu INSS” permite que os segurados cadastrem um login e senha para ter acesso a documentos como o CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais), a Carta de Concessão (do benefício previdenciário), o Histórico de Créditos, Resultados de Perícias, entre outros documentos. A ferramenta também apresenta outras facilidades, como a marcação de agendamentos, por exemplo.

Este artigo tem como objetivo demonstrar – através de um passo a passo – os procedimentos para a criação da senha e para o acesso ao site “Meu INSS”, bem como para acessar os documentos desejados.

1º) O primeiro passo é entrar no site https://meu.inss.gov.br/ (preferencialmente pelo navegador Mozilla Firefox).

2º) Clicar em “ENTRAR”, no canto superior direito da tela; e, em seguida, em “LOGIN”.

3º) Aparecerá uma nova janela para que o login seja efetuado (pode ser necessário autorizar o pop-up).

Caso o(a) segurado(a) ainda não possua senha, deverá clicar em “CADASTRE-SE”.

Após, irá aparecer a mensagem: “Você pode se cadastrar no Cidadão.br de 3 maneiras diferentes: pela internet, comparecendo a uma agência da Previdência Social ou nos bancos autorizados (código NAI)”.

Clicar novamente em “CADASTRE-SE”, para efetuar o cadastro diretamente pelo site.

4º)Na tela seguinte, será necessário preencher os dados obrigatórios (nome completo, CPF, data de nascimento, nome da mãe e estado de nascimento).

Após o preenchimento dos dados, será necessário clicar em “PRÓXIMO”.

5º)Nesta etapa, serão feitas cinco perguntas sobre o histórico previdenciário do(a) segurado(a), com o objetivo de confirmar a sua identidade.

As perguntas são variadas e dizem respeito às questões de trabalho e previdência (será necessário confirmar, por exemplo, se recebeu algum benefício previdenciário nos últimos cinco anos; em que ano ocorreu a última contratação/assinatura na CTPS, etc.).

A resposta deverá ser selecionada e, após, deverá ser selecionada a opção “PRÓXIMA”.

6º) Depois de responder às perguntas, será gerada UMA SENHA INICIAL, que é uma senha provisória (precisará ser alterada).

É muito importante anotar o número da senha provisória – pois a mesma será utilizada para o registro da senha definitiva.

7º) Abaixo da senha provisória, na mesma tela, aparecerá o ícone “MEU INSS” para retornar à página principal do site. Este ícone deverá ser selecionado.

8º) Na página inicial do “Meu INSS” (https://meu.inss.gov.br/), os passos deverão ser repetidos: “ENTRAR” e “LOGIN”.

O login será efetuado com o CPF e com senha provisória gerada.

Após preencher os campos, será necessário clicar em “ENTRAR” (possivelmente o site pedirá uma confirmação, através de um código, o que serve para evitar que robôs façam este tipo de procedimento).

9º) Na nova tela, deverão ser preenchidos os seguintes dados: CPF, senha atual (provisória) e nova senha desejada (definitiva).

A senha definitiva deverá conter pelo menos uma letra minúscula; uma letra maiúscula; um número; e conter, no total, nove ou mais caracteres.

Após preencher estes dados e registrar a nova senha, deverá clicar em “ALTERAR SENHA”.

Aparecerá o aviso “A aplicação do meu INSS solicita acesso às seguintes informações sobre você: CPF, NIT e nome completo”e deverá ser selecionada a opção “AUTORIZO”.

Com isso, está criada a senha para acesso ao “Meu INSS”!

10º)A página inicial do site “Meu INSS” abrirá automaticamente, com o login já efetuado.

Caso precise acessar o site outras vezes, essa será a senha definitiva. Ela sempre será solicitada, junto com o CPF.

Na página inicial do “Meu INSS”, com o login efetuado, aparecerá uma coluna à esquerda, com todas as opções que a ferramenta apresenta: acesso ao CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais), à Carta de Concessão (do benefício previdenciário), ao Histórico de Créditos, aos Resultados de Perícias, entre outros documentos.

Basta clicar em cima da opção desejada e o documento abrirá com a opção de impressão.

Esperamos que este artigo tenha auxiliado na operação do site “Meu INSS”. A ferramenta é extremamente útil – e evita o desgaste de ir pessoalmente à uma agência do INSS para obter os mesmos documentos, agora disponíveis online.

Desenvolvido por WD Sites - Criação de Sites!